Servidores do magistério de Massaranduba decidem manter paralisação parcial

Os servidores do magistério do município de Massaranduba decidiram manter a paralisação parcial da categoria. Sendo assim, os efetivos continuarão cumprindo expediente apenas das 7h30 às 9h30 e das 13h às 15h, todos os dias úteis. A manutenção da paralisação foi votada em assembleia realizada nesta quarta-feira, 11, na sede do Sindicato Rural da cidade e é uma resposta à insistência da Prefeitura Municipal em descumprir o reajuste do piso nacional.

Conforme já divulgado pelo Sindicato dos Trabalhadores Públicos Municipais do Agreste e Borborema (Sintab), o prefeito Paulo Oliveira concedeu apenas 6% de reajuste para a categoria, ferindo a Lei Federal nº 11.738/2008, que determina para 2020, reajuste de 12,84%.

“A proposta foi apresentada em assembleia e obviamente não agradou a categoria. Desta forma, os servidores do magistério decidiram manter a paralisação parcial iniciada no dia 09 de março, até que o reajuste do piso salarial seja efetivamente cumprido”, frisou a diretora do Sintab em Massaranduba, Saionara Tavares.

Ainda segundo a diretora, em ofício enviado ainda nesta sexta-feira, 13, informando sobre a manutenção da paralisação, o Sintab também solicita audiência com o prefeito Paulo Oliveira, para negociar a situação dos servidores. “Solicitamos uma audiência para que num diálogo aberto, sejam definidas e tomadas as providências em relação à pauta destes profissionais”, destacou.

Compartilhar:

Veja Mais