Guerreiros! Mantidas as paralisações semanais dos servidores da saúde de Campina

Estão mantidas as paralisações semanais de três dias dos servidores da saúde de Campina Grande. A decisão foi aprovada em assembleia realizada na manhã desta terça-feira, 03, na Associação Atlética Banco do Brasil (AABB). A categoria também decidiu se reunir em assembleia extraordinária na próxima sexta-feira, 06, na frente do Teatro Municipal Severino Cabral, a partir de 8h30.

Durante a assembleia desta terça, o presidente do Sindicato dos Trabalhadores Públicos Municipais do Agreste e Borborema (Sintab), Giovanni Freire, destacou mais uma vez a luta incansável dos servidores da saúde de Campina.“Estes servidores estão paralisados desde o ano passado, com três dias de paralisação por semana. Os trabalhadores relutam para não entrarem em greve porque a população de Campina Grande já sofre muito com as condições de trabalho precárias oferecidas pela gestão”, disse.

Ele destacou alguns dos problemas que afetam estes profissionais.

“No distrito de São José da Mata ouvimos relatos de que nenhuma unidade tem vacina. Rasgaram o plano de cargos, um verdadeiro retrocesso, todos os agentes comunitários de saúde estavam enquadrados na letra B e retrocederam para a letra A; os agentes de combate às endemias também não receberam o reajuste em fevereiro e até agora a Secretaria de Saúde não publicou a portaria com os nomes da comissão de avaliação dos Planos de Cargos, Carreira e Remuneração para as categorias, embora estes tenham sido escolhidos em assembleia realizada no dia 30 de janeiro”, relembrou.

Na próxima semana, as paralisações acontecerão nos dias 10, 11 e 12, com mobilização no dia 10, na Praça da Bandeira, a partir das 9h.

Confira mais imagens na galeria:

 

Compartilhar:

Veja Mais