Servidores da saúde mobilizam na Praça da Bandeira para protestar contra descaso da gestão

Dando continuidade ao calendário de paralisações semanais, os servidores da saúde de Campina Grande realizaram mais uma mobilização, desta vez na Praça da Bandeira, na manhã desta terça-feira, 10. O objetivo era protestar, chamando atenção da população, contra os problemas que afetam a categoria e continuam sendo ignorados pela gestão municipal. Esta semana, conforme já divulgado amplamente pelo Sindicato dos Trabalhadores Públicos do Agreste e Borborema (Sintab), as paralisações seguem até a próxima quinta-feira, 12.

Durante o ato desta terça, a vice-presidente do Sintab, Mônica Santos, enfatizou que a responsabilidade pelas paralisações e movimentos dos servidores da saúde é exclusiva da Prefeitura Municipal.

“Mais uma vez os servidores da saúde ocupam o Centro de Campina Grande para externar os problemas que enfrentam nesta gestão. O governo não respeita o servidor, as unidades de saúde estão uma vergonha, com infraestrutura precária e a falta de equipamentos básicos para o trabalho”, destacou.

Vice-presidente, Mônica Santos

Já o secretário de Coordenação de Cidades, Joselito Barbosa, frisou que o descaso e o desrespeito com os servidores prejudica todo o serviço de saúde pública na cidade.

“Nós estamos com sérios problemas aqui em Campina porque quando o servidor não tem seu direito respeitado pela gestão, a saúde do município fica prejudicada, os serviços são comprometidos pela irresponsabilidade da gestão”, disse.

Secretário de Coordenação de Cidades, Joselito Barbosa

Do mesmo modo, destacou o diretor de Comunicação, Napoleão Maracajá.

“A gestão tem ignorado os planos de cargos, as condições de trabalho, falta quase tudo nas unidades de saúde, falta estrutura física, mas não falta recursos para pagar cachês milionários para os artistas durante o Maior São João do Mundo, essa é a gestão que dá as costas para os servidores”, declarou.

Diretor de Comunicação, Napoleão Maracajá

A categoria mantém as paralisações semanais, que na próxima semana acontecerão nos dias 17, 18 e 19 e se reunirá novamente em assembleia no dia 23, às 9h, na Associação Atlética Banco do Brasil (AABB), para avaliar o movimento e definir os próximos encaminhamentos.

Confira mais imagens:

Compartilhar:

Veja Mais